Comunicação
Bacia de Santos

Rede Comunidade – Bacia de Santos realiza encontro em Iguape (SP)


No sábado (16/06) foi realizado o encontro da Rede Comunidade em Iguape (SP). Moradores da cidade e dos municípios de Cananéia e Ilha Comprida participaram da reunião, que faz parte do Programa de Comunicação Social Regional da Bacia de Santos (PCSR-BS). Na ocasião, três temas principais foram abordados: Atuação da Petrobras na Bacia de Santos; Licenciamento ambiental e medidas mitigadoras; e Programas e projetos ambientais da Bacia de Santos. 

O público, formado por pescadores e residentes das três cidades, teve transporte e acesso gratuitos e, além das discussões programadas, pode também obter informações relevantes nos espaços temáticos, que foram montados especialmente para os eventos da Rede Comunidade. Exposições interativas mostraram como acontece a atividade de exploração e produção na Bacia de Santos; os equipamentos usados na área de contingência da Petrobras; o projeto de monitoramento das praias; e o projeto de monitoramento da atividade pesqueira. O grupo local Batucajé apresentou uma atração artística que retrata as culturas caiçara, quilombola e indígena, utilizando ritmos e dança para contar a história  e a tradição dessas comunidades.

O morador de Iguape, Antônio de Lara, considerou que a linguagem e os espaços temáticos “foram bem amarrados, adequados e acessíveis ao público presente, fugindo do jargão técnico e tornando assim os assuntos mais compreensíveis para todos. Foi muito esclarecedor”, diz Antônio, que atua na comunidade na área cultural – na oportunidade, ele também participou da apresentação do grupo Batucajé.

Deborah Garcia Boeira, da Univali, é a responsável pelo estande do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP). Para ela, o acerto das ações realizadas na reunião foi possível por conta também da vivência da equipe do PMP com o público-alvo. "Nossa experiência direta com as comunidades proporcionaram o conhecimento e a prática para passarmos as informações técnicas de maneira a ser familiar a todos", diz. Com apoio do Instituto de Pesquisas de Cananéia, a exposição contou com fotos, animais taxidermizados (empalhados) e esqueletos diversos da fauna marinha. O estande também mostrou que o lixo pode viajar longas distâncias pelo mar, vindo até do estrangeiro, através das ondas e marés ou pelo descarte incorreto feito por barcos e navios oceânicos.

A Rede Comunidade foi concebida para ampliar a participação e o diálogo com os públicos das cidades localizadas nas regiões nas quais a Petrobras atua na Bacia de Santos. Mais cinco reuniões estão programadas: Itajaí (SC), Baixada Santista (Cubatão, Guarujá, Bertioga, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente), em Santos (SP);  Litoral Sul do Rio de Janeiro (Angra dos Reis, Mangaratiba, Paraty e Itaguaí), que acontecerá em  Angra dos Reis (RJ); Litoral Norte de São Paulo (Ubatuba, Caraguatatuba, Ilhabela e São Sebastião), cuja reunião acontecerá em Caraguatatuba ( SP); e Baía de Guanabara (Rio de Janeiro, Niterói, Duque de Caxias, Magé, Guapimirim, Itaboraí, São Gonçalo e Maricá), no município de Niterói (RJ).

As datas dos próximos eventos serão informadas neste site. Fique atento.

Notícias relacionadas