Comunicação
Bacia de Santos

Rota 3

O projeto Rota 3 tem como objetivo ampliar o escoamento de gás natural dos projetos em operação na área do pré-sal da Bacia de Santos.

O Gasoduto Rota 3 possui aproximadamente 355 km de extensão total, sendo 307 km referentes ao trecho marítimo e 48 km referentes ao trecho terrestre, e escoará gás natural do Polo Pré-Sal da Bacia de Santos até o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí. A vazão de escoamento do gasoduto é de aproximadamente 18 milhões de m³ por dia.

O Gasoduto recebeu do IBAMA, em julho de 2016, as Licenças de Instalação nº 1.123/2016 e nº 1.124/2016, referentes ao trecho marítimo do empreendimento com 297 km de extensão, compreendido entre as lâminas d'água de 58 m e 2.190 m de profundidade. As atividades para instalação deste trecho foram iniciadas em outubro de 2016 e concluídas em fevereiro de 2018.

Em agosto de 2018, o Gasoduto recebeu do IBAMA a Licença de Instalação nº 1.237/2018, referente às atividades de instalação do Trecho Marítimo Raso (a partir de uma lâmina d'água de 58 m de profundidade), com cerca de 10 km de extensão, e do Trecho Terrestre com, aproximadamente, 48 km de extensão.

As atividades necessárias para instalação deste trecho estão previstas para iniciar a partir de janeiro de 2019.

Durante a instalação do Gasoduto Rota 3, de forma a atenuar os impactos sociais e evitar perdas e danos nos petrechos de pesca, foi criado um canal de informação aos pescadores chamado de “Informe Rotas”, que será divulgado em áreas específicas dos municípios de Niterói, Maricá e Saquarema, informando sobre as rotas das embarcações utilizadas na implantação do Gasoduto Rota 3.

A chegada do gasoduto na costa ocorrerá no município de Maricá (RJ), na praia de Jaconé. O gasoduto terrestre passará pelos municípios de Maricá e Itaboraí até chegar ao Comperj.

Acompanhe nosso mapa interativo

Ver    agora