Comunicação
Bacia de Santos

Ibama concede Licença de Operação para o TLD de Libra


Teste de Longa Duração será realizado pelo FPSO Pioneiro de Libra

FPSO Pioneiro de Libra

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu a Licença de Operação (LO) nº 1397/2017, relativa ao primeiro Teste de Longa Duração (TLD) de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos.

Emitida em 13 de julho de 2017, a licença terá validade até 11 de julho de 2020 e sua vigência depende do cumprimento das condicionantes estipuladas pelo órgão ambiental.

O TLD de Libra, que deve durar cerca de um ano, será realizado pelo FPSO Pioneiro de Libra – unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás, primeira unidade a atuar no bloco de Libra. O FPSO Pioneiro de Libra tem capacidade máxima para processar, diariamente, cerca de 50 mil barris de óleo e comprimir e reinjetar 4 milhões de metros cúbicos de gás natural.

As informações dinâmicas obtidas no TLD serão utilizadas na otimização do plano de desenvolvimento de Libra.

Bloco de Libra

Libra é um bloco marítimo que se estende por uma área de 1.547,76 Km², localizado em águas profundas no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos. Está situado a uma distância de cerca de 165 quilômetros do litoral do Estado do Rio de Janeiro, em profundidade que varia de 1.700 a 2.400 metros.

Para a produção no bloco, foi formado o Consórcio de Libra, composto pela Petrobras (operadora com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC Limited (10%), tendo como gestora do contrato de partilha da produção a Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA).

Notícias relacionadas