Comunicação
Bacia de Santos
FPSO Cidade de Angra dos Reis

Piloto de Lula

O Projeto Piloto de Lula está instalado no bloco BM-S-11, na porção central da Bacia de Santos, a cerca de 280 quilômetros da costa do estado do Rio de Janeiro e em águas com profundidade de 2.200 metros.

O Projeto Piloto de Lula é realizado a partir de um navio-plataforma do tipo FPSO chamado de Cidade de Angra dos Reis, interligado a nove poços para a produção de óleo e gás natural.

O óleo produzido é estocado no FPSO e periodicamente transferido para navios-aliviadores, que o transporta até os principais terminais da região sudeste do Brasil.

Parte do gás natural produzido é usado na geração de energia para o navio plataforma, parte é reinjetado no reservatório de petróleo através de poços injetores e o restante é escoado por meio de um gasoduto marítimo, que liga o FPSO Cidade da Angra dos Reis à plataforma de Mexilhão (PMXL-1), instalada na costa de Caraguatatuba (SP) a cerca de 216 quilômetros do FPSO. De lá, o gás segue por um gasoduto para a Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato (UTGCA), também localizada no município de Caraguatatuba.

A capacidade de produção diária do FPSO Cidade de Angra dos Reis é de cerca de 100 mil barris de óleo e 4 milhões de m3 de gás natural.

Para acessar um arquivo com a localização da plataforma Cidade de Angra dos Reis, clique aqui.

Os pareceres técnicos relacionados ao licenciamento deste empreendimento podem ser acessados no site do Ibama. Para ver como encontrá-los, consulte a aba de Licenciamento.

Conheça abaixo as licenças ambientais para este empreendimento.

Acompanhe nosso mapa interativo

Ver    agora